Não existem barreiras

Screenshot from 2016-04-14 00-12-12A Microsoft Build é uma conferência anual realizada pela Microsoft voltada para desenvolvedores.

Na Build deste ano, 2016, umas das coisas legais mostradas foi o aplicativo chamado “The Seeing AI” (algo como “inteligência artificial-guia”, ou “inteligência artificial que enxerga”), que tem como objetivo ajudar pessoas cegas a navegarem pela vida cotidiana.

O desenvolvedor desse aplicativo é Saqib Shaikh, um homem que perdeu a visão aos 7 anos.  Ele é engenheiro de software da Microsoft, onde trabalha há 10 anos.

O aplicativo que ele criou funciona tanto em smartphones quanto em óculos inteligentes.

Com um simples gesto, o aplicativo consegue capturar uma imagem e interpretá-la para o usuário. Por exemplo, se a câmera do óculos captar uma pessoa carregando uma mala, o aparelho descreverá essa cena para o usuário.

Também é possível usar o aplicativo para ler textos usando a câmera do celular.  O usuário pode tirar uma foto do texto (o aplicativo orienta o usuário sobre como posicionar corretamente a câmera). Em seguida, o app é capaz de ler em voz alta o que está escrito na imagem. Com esse recurso, pessoas cegas conseguem ler cardápios, manuais e outros textos, mesmo que eles não estejam em Braille.

E ainda tem outros recursos:  Um deles se baseia na tecnologia de reconhecimento facial. Com base em uma fotografia tirada na hora, o app consegue informar ao seu usuário o gênero, a idade aproximada e o humor das pessoas que aparecem na imagem. Esse recurso, segundo o desenvolvedor, é útil para que cegos possam avaliar o impacto que sua fala está tendo em seus interlocutores.

A API utilizada pode ser experimentada no site: www.captionbot.ai ; onde é possível escolher uma imagem e o programa diz o que vê. Dá para brincar muito com a função que ele tem, é muito legal mesmo. Quando eu, Isabelle e meu pai testamos, colocamos uma foto minha e foi hilário e sensacional. Ele descreveu como eu estava e até mostrou minha expressão facial por meio de um emoticon.

Não existe limite para as pessoas quando elas querem fazer algo.  Não depende do sexo, idade, escolaridade, raça, atributos físicos. Só depende de você querer e lutar por isso.  Todos somos capazes de fazer coisas incríveis, mas nós nos limitamos, achamos que não iremos conseguir ou até mesmo que é tarde demais para fazer. Mas me deixa dar um conselho para vocês:   nunca é tarde ou cedo demais para se fazer algo que se tem vontade!

E a tecnologia está cada vez mais presente no nosso dia a dia nos proporcionando mais possibilidades de fazer coisas incríveis.

 

 

 

Autor: Emmanuelle Richard

Desenvolvi meu primeiro aplicativo aos 12 anos e desde então minha vida mudou. Já palestrei em diversos eventos como a Campus Party, Flisol, PhP Experience e outros, mostrando a todos que programar é divertido além de ser uma atividade fascinante, e, graças à programação, tenho conhecido muitas pessoas inspiradoras fascinando-me cada vez mais com este novo mundo que surgiu à minha frente. Contato: Email: emmanuellerichard@onbit.com.br Telefone: 84 9 86229868/ 84 9 88296900